Arquivo do mês: abril 2012

Fundo do poço

Sabe quando acontecem coisas em nossas vidas e mesmo que tentemos entender o propósito delas nós não conseguimos entender, e tudo sai do nosso controle e não nos resta nada além de confiar em Deus?
É, eu sei muito bem o que é isso. Já aconteceu comigo duas vezes. Na primeira vez eu tive 50% de culpa, e as consequências foram tão traumatizantes que eu perdi todos os meus sonhos, entrei em depressão e vejo até hoje os efeitos em minha vida.
Demorei um bom tempo pra conseguir sonhar outros sonhos. Mas eu consegui!
E agora que consegui me reorganizar, aconteceu tudo outra vez, mas dessa vez a culpa não foi minha.
Sabe aquele papo da borboleta? Que ela bate a asa aqui e do outro lado do mundo acontece algo devido a esse movimento? Então, acho que estou começando a crer nisso. Mas fico pensando no que devo fazer dessa vez, e até agora fiz tudo o que podia, creio que fiz até além.
Eu não tenho mais forças para não me abater, estou fraca, estou dramática e estou escrevendo. Estou no fundo do poço, agora é só eu subir. Pois do fundo do poço eu posso ver a luz lá em cima. E apesar de não ter mais força, farei de tudo pra não perder essa batalha.
Parece até que Deus está me testando. Não sei bem os planos d’Ele pra minha vida, só sei que tudo isso está doendo muito.
As pessoas em que eu esperava apoio parece que nem se preocupam comigo. A vontade de chorar aumenta a cada respiração fraca.
Estou juntando todas as forças, toda a esperança e clamando a Deus. Acho que também estou começando a entender quando dizem: “Quando estou fraco aí é que estou forte”.
Me recordo de Jó, que perdeu mais do que os sonhos, ele perdeu a família e toda a sua riqueza. E ainda ganhou dor física, mas nunca deixou de ser fiel a Deus. Preciso ser igual a Jó, pois Deus só prova quem Ele quer aprovar.
Mesmo eu aqui, sentada num pátio, escrevendo e desabafando toda a minha angústia, nenhum sentimento ruim e nenhum porcento de ansiedade foi embora.
Mas, repentinamente, lembro-me de que meu Redentor vive, e que Ele me ama, e me cura de toda dor.
A partir desse momento entrego à Ele toda a minha vida, todos os meus sonhos, desejos, dores e ansiedades, me sinto incrivelmente forte e minha esperança ressurge.
Se isso já aconteceu com você, ou se você está passando por isso, confie em Deus, pois em nossa vida Ele é a nossa única esperança, e Ele nunca nos abandonará!

Indico uma música do Thalles Roberto chamada “Nada além de Ti”.

Anúncios